Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

4 de fevereiro de 2016

Afinal, Lula e dona Marisa foram bancários algum dia?

Ao que se saiba, Bancoop é a sigla da Cooperativa Habitacional dos Bancários. Por quê, então, a mulher do ex-presidente Lula adquiriu uma cota de um tríplex no famoso condomínio Solaris na praia paulista de Guarujá. Dona Marisa sempre foi dona de casa. Aliás, em matéria de coisas estranhas, os petistas estão sempre se superando. Ontem, tentaram mais uma vez envolver Fernando Henrique - eles não largam o fantasma dele - e publicaram no Facebook uma montagem feita pelo Photoshop colocando a cabeça de FHC no lugar da de Lula numa foto em que Fidel Castro, Hugo Chávez e o petista apertam as mãos, querendo passar a ideia de que FHC seria também comunista, mas esqueceram um detalhe: não alteraram a mão esquerda de Lula e Fernando Henrique nunca teve um dedo de sua mão esquerda decepado;

Tudo isso é uma forma de tentar desviar a atenção do fato de que a cada dia o tríplex aproxima Lula da Operação Lava-Jato, que intimou dona Marisa para prestar depoimento. Existem documentos nos quais ela assina a adesão a uma cota do condomínio. Já caberia aí uma ação de falsa ideologia por estar se apresentando como bancária, algo que ela nunca foi na vida. Teria sido 'coincidência' o fato de o presidente da Bancoop, João Vaccari Neto ser tesoureiro do PT e de Lula ser presidente da República? Na condição de mulher de Lula, dona Maria poderia fazer a adesão se ele fosse bancário, mas isso nunca aconteceu. Tanto Lula como dona Marisa já são proprietários de imóveis e tendo direito a um apartamento do Solaris estariam usurpando o direito de algum bancário. A Ética foi mandada para o espaço;

E é a partir de todos esse fatos que se vê tanto interesse em empresas envolvidas na Operação Lava-Jato estarem gastando tanto dinheiro para fazer melhorias no tríplex do casal. Chama a atenção um depoimento de um funcionário do condomínio, que chegavam a colocar vasos de flores na entrada do prédio quando era informada a visita de Lula e dona Marisa, com a recomendação de não dizer a ninguém que o casal estivera no local, fiscalizando as obras que foram custeadas pela empreiteira OAS, que em seguida ganhou polpudos contratos com a Petrobras. Isso foi só mais uma 'coincidência'?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário