Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

9 de maio de 2017

Polícia apreende facões em ônibus do MST em Curitiba. Eles dizem serem utensílios de cozinha

Vejam bem como funciona a democracia que os “mortadelas” querem ver implantada no Brasil O secretário estadual de Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita, informou hoje em Curitiba que armas brancas foram apreendidas em um ônibus de militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), que seguiam rumo à capital paranaense para apoiar o ex-presidente Lula, cujo depoimento ao juiz Sergio Moro está marcado para amanhã. Segundo Mesquita, foram apreendidos facões e foices. De acordo com o secretário, não houve prisões porque o porte deste tipo de artefato não é crime, mas o material foi levado pela polícia por não ser condizente com uma manifestação democrática. Mesquita informou que houve pedido à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para a entrada de 36 ônibus no Paraná, sendo 22 oriundos de São Paulo. De acordo com o secretário, 20 ônibus já chegaram a Curitiba. No total, 1.350 militantes devem vir nestes coletivos. Até amanhã, o secretário disse que as autoridades esperam a chegada de cerca de 100 ônibus. "Nós não abriremos mão de qualquer prerrogativa de fazer fiscalização, seja qual for a orientação política do grupo”, afirmou.  Mesquita disse que os bloqueios de trânsito nos arredores do prédio da Justiça Federal, no bairro do Ahú – onde Lula vai depor –, e o efetivo policial para o patrulhamento de Curitiba amanhã não serão divulgados por questões de segurança. A princípio, apenas vias no entorno do prédio da Justiça Federal serão bloqueadas, mas Mesquita disse que a circulação nas regiões do Museu Oscar Niemeyer, no Centro Cívico, e da Praça Santos Andrade, deve ser evitada. Militantes que apoiam a Operação Lava-Jato devem se reunir no primeiro local, e os apoiadores de Lula, no segundo. Os “instrumentos” apreendidos não se afinam para utilização em manifestação democrática.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário