Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

14 de novembro de 2012

Ministro quer cadeia melhor para receber os petistas condenados

  • "Se fosse para cumprir muitos anos em uma prisão nossa, eu preferiria morrer". Essa frase foi dita nada menos do que pelo ministro da Justiça. Eduardo Cardozo, para quem os presídios no Brasil são medievais. Logo ele, que é o responsável pelo sistema penal brasileiro. O que faz ele à frente de tão importante pasta do Governo? Cardozo falou mais: "Quem cometeu crime pequeno sai de lá criminoso maior. Não é porque não tenho um sistema correto que vou penalizar situações definitivas; pena não é castigo, é oportunidade para ser reinserido; é preferível um sistema com penas bem dosadas que funcionem, do que um com penas muito severas". Analisando bem suas palavras, vê-se na entrelinhas que o ministro da Justiça está dando a entender que as condenações dos petistas José Dirceu, José Genoíno e Delúbio Soares deveriam ser menores por causa da má qualidade das penitenciárias brasileiras;
  • Paralelamente, outro 'defensor público' de alguns réus do 'Mensalão do PT', o ministro Ricardo Lewandowski, também deu sua opinião sobre o sistema carcerário brasileiro, dizendo que a superlotação dos presídios pode forçar os condenados no regime semiaberto para o aberto, caso em que se enquadraria perfeitamente o ex-presidente do PT, José Genoíno, que foi condenado a menos de oito anos de prisão. As declara ações de duas autoridades reforçam a teoria dos que não creem na prisão dos figurões da Ação Penal nº 470, afirmando que ninguém vai ser preso, apesar da grande repercussão do julgamento e das penas aplicadas aos condenados;
  • Eduardo Cardozo também disse mais alguma coisa que deixa a entender que ele também faz crítica à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) condenando companheiros seus do PT. Ele disse: "Não há nada mais degradante para um ser humano do que ser violado em seus direitos humanos". Como assim, ministro Cardozo? A quais direitos humanos o senhor se refere? Esses direitos devem ser preservados para os humanos direitos. Quem foi condenado pela Corte Suprema do país tem mesmo é que ser privado de alguns de seus direitos, entre eles a liberdade de ir a vir, conforma previsto nas leis brasileiras. É isso o que vai acontecer com seus amigos do PT. Quanto ao senhor, Eduardo Cardozo, cuide de aumentar o número de presídios e revitalize os atuais, algo que os governos do PT não fez nos últimos dez anos, porque a sociedade vai exigir que outros políticos do PT, do PSDB e do DEM autores de 'malfeitos' tenham que ocupar as vagas que o senhor vai providenciar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário