Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

7 de novembro de 2009

Benedita libera verba para o marido Pitanga

No próximo dia 20 será encenada a ópera "O Alabê de Jerusalém". Será na casa de espetáculos Vivo Rio em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra. Até aí, nada demais. O problema é outro: um dos atores é Antônio Pitanga, e a ópera está sendo em parte financiada pela Secretarial Estadual de Assistência Social, cuja titular é a ex-governadora e ex-senadora Benedita da Silva, mulher do ator, que interpretará "Pôncio Pilatos";

Até que se explique em que se baseia a Secretaria para enquadrar como Assistência Social uma "colaboração" de R$ 260 mil para encenação de uma ópera que terá ingresso cobrado com preços variando entre R$ 80 e R$ 120. O marido da secretária é citado na publicidade como tendo participação especial no espetáculo. Parece que essa liberação de verba pública publicada no Diário Oficial do RJ na última quinta-feira não se enquadra nas ações "republicanas" como gostam de enfatisar os integrantes do Governo petista;

Mais uma vez fica comprovado que os petistas não conseguem se controlar quando o dinheiro público está em jogo. Essa é a moral petista: na hora de auto-ajuda, que o povo pague por isso. Sempre prevalece o princípio do "Farinha pouca? Meu pirão primeiro"!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário