Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

1 de março de 2016

Queda de Cardozo prova que Lula é quem manda no Governo

Não há nada para se duvidar que foi ex-presidente Lula quem obrigou José Eduardo Cardozo a pedir exoneração do cargo de ministro da Justiça. De tanto criticar o titular da pasta e cobrar da presidente Dilma a exoneração de Cardozo, o mesmo não aguentou a pressão e pediu para sair do cargo. A principal queixa de Lula era que a Polícia Federal é um órgão do Ministério e que ele nada fez para impedir que a Operação Lava-Jato chegasse até o ex-presidente e sua mulher. Forçado pela presidente Dilma e pela cúpula do PT, José Eduardo Cardozo vinha atuando como advogado de defesa de Lula, talvez até a contragosto, mas descaradamente. Como Dilma não queria dispensar a colaboração dele em assuntos jurídicos o nomeou para o cargo de advogado-geral da União. Mesmo assim, não é de sua atribuição defender Lula, mas sim a presidente;

A grande dúvida a saber como vai atuar o novo ministro da Justiça, Wellington César, indicado pelo chefe da Casa Civil, Jaques Wagner. Ele foi procurador-geral na Bahia durante o governo de Jaques Wagner naquele estado e andou engavetando literalmente processos que apontavam 'malfeitos' de petistas praticados naquele tempo. Em meio a essas trocas, Luís Inácio Adams saiu do cargo de advogado-geral da União, sendo substituído por Luiz Navarro Britto, que é consultor jurídico do Senado. Tudo indica que estamos diante de mais uma tentativa de blindar Lula, mas não podemos esquecer das afirmações dele e agora de Dilma que a Polícia Federal e o Ministério Público nos governos petistas têm total liberdade de ação, como se isso já não estivesse estabelecido na Constituição Federal;

Ainda bem que o grupo de jovens procuradores capitaneados pelo também jovem juiz Sérgio Moro já deixaram bem claro que estão dispostos a dar um freio nessa onda de corrupção que se espalha pelo Brasil. Eles contam com o apoio de 70% da população para levarem adiante o combate à corrupção desenfreada e a punição de todos os que são responsáveis por toda essa crise moral, política e econômica, que provoca desemprego e atinge no bolso os cidadãos de bem. É bom que a nova equipe jurídica da presidente Dilma entenda que o povo está atento e vai fazer sérias cobranças se tentarem continuar agindo que fizeram até agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário