Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

16 de novembro de 2013

Mensalão não é uma farsa, mas mensaleiro se declarando preso político, sim

Zé Dirceu: guerreiro ou guerrilheiro?
Uma cena que é vista constantemente na TV é a de bandidos escondendo o rosto no momento em que estão sendo presos, muitos deles já de longa carreira no crime, mas demonstrando um de vergonha pelo que fizeram, mesmo quando praticam crime com requintes de violência, tal qual das outras vezes. Hoje, em quase todos os veículos da mídia vemos dois dos principais figurões petistas condenados no processo do 'Mensalão do PT' ─ José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil do governo de Lula, e o ex-presidente do PT e deputado federal José Genoino ─ de punho levantado, como se fossem heróis e ainda com direito a uma claque que entre outras coisa diziam: "Dirceu, guerreiro do Brasil". Erraram, pois a palavra certa seria "guerrilheiro". Ao contrário dos outros bandidos, alguns simples 'ladrões de galinha', os dois petistas participaram de um esquema de desvio de dinheiro público de muitos milhões de reais. E tudo começou com uma denúncia de um diretor dos Correios recebendo uma 'peteca' de apenas R$ 3 mil, como disse na época o ex-deputado Roberto Jefferson;

Genoino tem algo a festejar?
Muita gente não acreditava, mas aconteceu. Onze dos 25 condenados já estão atrás das grades ─ seriam 12, mas um está foragido ─ e começam a pagar pelo assalto que comandaram ao dinheiro dos contribuintes com objetivos meramente políticos. Declarações dos dois principais réus e do presidente nacional do PT, Rui Falcão, com duras críticas e desmerecendo a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), segundo as quais os ministros teriam agido politicamente para condenar os protagonistas do 'Mensalão PT', dão margem a uma indagação; como pode um tribunal de 11 integrantes, dos quais oito foram indicados por Lula e pela presidente Lula, agir da forma como dizem os três? Mais ridículos ainda e se declararem como presos políticos. Isso eles foram durante o regime militar, sem dúvida. No entanto, em pleno regime democrático, nos últimos 11 anos sob a direção do PT, é óbvio que isso não aconteceu;

A realidade é que o dia 15 de novembro de 2013 entrará para a história, pois enfim gente graúda foi para a cadeia por ter cometido crime contra o erário público. O Governo e o PT estão até gostando que tudo aconteça agora, pára não 'contaminar' a campanha de Dilma à reeleição e que se o STF continuar julgando os demais 'mensalões', outros partidos estarão sendo focalizados pela mídia naquela ocasião. É certo que os demais precisam entrar em pauta imediatamente, mas certamente o povo e os adversários da oposição não se esquecerão dos dias de hoje, nos quais os principais encarcerados fazem parte de um partido que ficou buscando o Poder por cerca de 20 anos, dizendo-se serem uma especie de santos na política, mas que quando tiveram acesso às canetas que nomeiam e assinam cheques, partiram com fome total para cima do dinheiro público. Aguardemos a campnha eleitoral de 2014.

Um comentário:

  1. Se politica e isso, distribuição de bolsa vagabundagem, meu pinico minha vida, compra de material para dentro das casa, para estabelecer currais eleitorais temos que extinguir todos os partidos e esse congresso fajuto. Quantas siglas e partidos estão
    associados ao pt para receberem dinheiros e donativos para suas campanhas. Depois de cada eleição os políticos ficam devendo a quem os ajudou a se eleger. Viva o Brasil. As tvs abertas que recebem dinheiro do executivo em seus jornais
    so mostram assassinatos, brigas, mortes em todos os seus jornais. Não vemos uma tv cobrando o que o executivo, legislativo e
    judiciário deveria fazer. Os políticos trabalham 2 dias na semana e outros ficam trancados em seus escritórios fazendo politicagem de terceira para levar vantagem e construir com distribuição de esmolas seus currais. Ate quando o brasileiro
    trabalhador vai aguentar vendo esse pao e circo. Agora vai começar o bla,bla,bla da copa. A fajutice costumeira. Portas abertas para os aventureiros de dentro e de fora do pais. Nas reportagens dos jornais nos morros principalmente nos morros
    cariocas vemos uma porção de pessoas homens, mulheres, crianças semi nus falando mal da policia e em hora de trabalho
    dentro dos morros sem fazer nada comendo e bebendo as custas do nosso dinheiro e do bolsa família. E bla,bla,bla pt e seus
    associados. Na gaiola das loucas (congresso) que so trabalha dois dias na semana so vemos usando a palavra os do pt e do
    pmdb. Quando a oposição se levanta cortam as falas deles. E uma tremanda lavagem cerebral para mostrar que so o pt e
    pmdb trabalham. Esse congresso que e a fabrica da fajutice e que já deveria ter sido fechado há muito e o encontro da marginalidade. Enquanto isso vamos pagando sem direito a reclamação inclusive por parte das tvs abertas que se beneficam
    do esquema e tem que ficar calada. Sejamos pacientes e vamos esperar o que vai ser ano que vem, depois receberemos a
    dolorosa. Viva o Brasil. Pais de inertes e fofoqueiros que não fazem nada para o pais melhorar. So carnaval, futebol e bunda, bunda, bunda.


    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário