Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

29 de novembro de 2013

Dois morreram no 'Itaquerão', mas tem gente lá ganhando muito dinheiro e votos

O Brasil ainda está estarrecido com a notícia da queda de um guindaste no futuro estádio do Corinthians, o ‘Itaquerão’, na zona leste de São Paulo, nesta quarta-feira, acidente que causou a morte de dois operários que trabalhavam no canteiro de obrasSegundo alguns engenheiros, será preciso ao menos um mês para levantar todos os danos provocados pela queda do guindaste, tempo é necessário para limpar a área do incidente, identificar suas causas e identificar o que pode ser consertado e o que precisa ser refeito. A construtora Odebrecht, empreiteira responsável pela obra, precisa pedir à Prefeitura de São Paulo uma autorização para obras emergenciais antes de começar a trabalhar na área afetada. Após vistoria ocorrida no fim da manhã desta quinta-feira, a Defesa Civil manteve 5% do estádio interditado - a área corresponde a um terço da arquibancada leste, ponto sobre onde o guindaste e a peça metálica da cobertura caíram. Será preciso ao menos um mês para levantar todos os danos provocados pela queda de um guindaste;

Em 30 de julho de 2011 já perguntávamos aqui qual seria o motivo para haver praticamente em caráter definitivo um veto à utilização do Estádio do Morumbi, e por que São Paulo definiu o futuro estádio do Corinthians, o "Itaquerão", para o jogo de abertura Copa do Mundo de 2014. Lembrávamos que tinha havido uma forte interferência do então presidente Lula, ilustre torcedor do 'Timão', na escolha do futuro estádio. O clube estava construindo uma arena para 48 mil pessoas ao custo de R$ 335 milhões e não se comprometia a ampliar o estádio para público de 65 mil. São Paulo concorre à abertura da Copa, mas é a única sede indefinida. A obra do 'Itaquerão' teve o custo orçado em pouco mais de R$ 80 milhões, valor que já ultrapassaria de R$ 1 bilhão;

Outra vez voltamos ao assunto no dia 5 de maio deste ano, quando se aproximava a Copa das Confederações e os estádios onde ela seria disputada começavam a ser inaugurados ou testados, a cada dia ficam mais evidentes os protestos contra os gastos nas construções de cada um, principalmente daqueles que receberam recursos vindos de financiamentos em especial do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Alguns críticos chegam ao ponto de pedir o cancelamento da Copa do Mundo do ano que vem, algo impossível de acontecer agora, pois a repercussão seria muito pior, uma vez que as seleções já classificadas e até alguns em vias de classificação de tão organizadas estavam até escolhendo locais para treinamento e hospedagem. E o problema da Fifa seria maior ainda para escolher uma nova sede cerca de um ano antes da data prevista para a abertura da competição;

Chamamos a atenção para o fato de que alguns estádios foram projetados num determinado valor que estava sendo reajustado, em alguns casos em até 50%. Quanto ao ‘Itaquerão’, dizíamos que foi projetado em R$ 800 milhões, mas que ficará pronto ao custo de cerca de R$ 1 bilhão e 200 mil, isso quando uma reforma do estádio do Morumbi, do São Paulo Futebol Clube ficaria no máximo em R$ 500 milhões. Lula entrou no circuito, fez o BNDES financiar grande parte da obra e seu clube de coração passa a ter um estádio, algo que lhe faltava levando-se em conta o tamanho de sua torcida;

Hoje com tristeza vemos que duas vidas foram ceifadas talvez por imperícia numa obra que poderia não ter sido feita se não fosse a interferência política para sua realização. As vidas estariam recebendo assistência da Odebrecht, mas não serão trazidas de volta ao convívio com seus familiares. No final de tudo, há uma forte suspeita de superfaturamento, além de servir como palanque para o PT em busca da pretensão de eleger o governador de São Paulo. Resta saber, ao final de tudo, com quanto a empreiteira contribuirá para as campanhas eleitorais para o Governo de São Paulo e para a Presidência da República. Quanto ao 'Timão', só resta agradecer pelo financiamento do BNDES na construção de um estádio que clube nunca teve capacidade de construir para acomodar uma das maiores torcidas do país. 

2 comentários:

  1. Maracanã e Mané garrincha foram reconstruídas e construídos exclusivamente com dinheiro público. A Arena Corinthians foi tocada, até a semana passada exclusivamente com dinheiro da construtora e do próprio time. Está semana diante da possibilidade de o estádio ser excluído da copa o dinheiro do BNDES foi liberado. Coincidência? Não acredito. O estádio já estava com 94% das obras concluídas, o Corinthians não precisava mais do EMPRÉSTIMO DO BNDES, repito era um EMPRÉSTIMO. Uma lástima o acidente e mortes dos operários. O Corinthians vai lamentar eternamente estas mortes ACIDENTAIS, porque ninguém pretendia isso. Eu gostaria de MUITO de ver o Corinthians fora da abertura e da Copa. Que a abertura vá parar o Maracanã ou pra Brasilia, o EMPRÉSTIMO DO BNDES poderá ser cancelado. No momento estou torcendo para que a obra seja embargada AD INFINITUN .

    ResponderExcluir
  2. Viva o Brasil, 6 ou 7 elefantes brancos superfaturados para enriquecer a delinquência e marginalidade, para uma copa so para os estrangeiros verem, esses elefantes brancos depois da copa não terão serventia para nada. Para alimentar a vaidade do Congresso - barrigas de aluguel a megalomania do 9 dedos, gerentona e so on. Na realidade esta copa e para turistas o povo
    brasileiro em sua maioria não tem dinheiro para ir ao estádio. Serao os que convidam para a festa mas assistem do lado de
    fora. E viva o Brasil congresso pífio, ministérios pífios políticos pífios que so trabalham 2 dias na semana e Supremo procrastinador, salvo alguns Ministros do Supremo que realmente estão tentando mesmo a custo de suas saúdes salvar o
    nome do Brasil. Quem esta defendendo o povo realmente, acredito que a estrela vermelha e o martelo. Cambada de inúteis
    que deveriam ser deportados. Os srs brasileiros vao enxergar a conta depois que a copa terminar. Ai vamos ver o rombo.
    Obrigada pt quase 12 anos de bla,bla,bla, mentiras dizendo que o pais e primeiro mundo enquanto muitos morrem nas filas
    dos hospitais e os aposentados são massacrados com impostos e sem direito a aumento. Quando dao aumento de 5 por cento
    tiram com o imposto de renda o que deram viva o brasil em minúscula por causa dos partidos políticos.

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário