Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

2 de agosto de 2012

Esperamos que o STF faça Justiça no julgamento do 'Mensalão do PT'

  • Começa hoje, finalmente, no Supremo Tribunal Federal (STF), o julgamento da Ação Penal nº 470, que decidirá o destino dos 38 indiciados pela realização daquilo é considerado como o maior escândalo político da História do Brasil, o chamado 'Mensalão do PT'. Muita gente acha que 'muitas trombetas vão soar, mas os muros de Jericó não cairão', ou seja, vai haver muita mídia, porém nenhum ou quase nenhum resultado. Isso quer dizer que certamente ninguém ou somente alguns poucos protagonistas virá a ser condenado. O grande número de manobras e recursos jurídicos, bem como a existência de elevado número de 'ministros petistas' do STF - oito dos 11 integrantes do Supremo foram indicados e nomeados por Lula e Dilma Rousseff - pode fazer com que o julgamento acontece com pouco isenção por parte dos julgadores;
  • O que espera a sociedade brasileira é que o Supremo desminta todas essas ilações sobre sua independência e condene quem for culpado, absolva os inocentes, mas que aplique as penas que sejam estabelecidas para cada crime comprovado. Da mesma forma, o STF não pode parar por aí. Há também 'mensalões' praticados por integrantes da oposição ao governo petista. Também têm que ser julgados os praticados por integrantes da oposição. Entre os denunciados está o ex-governador do Distrito Federal, e praticado por José Roberto Arruda (DEM) esquema armado para arrecadação de caixa 2 durante a campanha de Eduardo Azeredo (PSDB) para sua reeleição ao Governo de Minas Gerais, em 1998.É necessário que toda e qualquer ação que envolva corrupção principalmente com desvio de dinheiro público sejam julgadas e os praticantes, devidamente condenados;
  • A preocupação de alguns dos implicados com a influência do julgamento nas eleições de 7 de outubro não se justifica. Ela tem mesmo que acontecer. O julgamento jurídico dos implicados no 'Mensalão do PT' não pode ser afastado do julgamento político, pois nessa condição que o 'Mensalão' existiu. Não adianta agora desmentirem. Em 2005, que o fato foi denunciado, até o então o presidente Lula pediu desculpas ao povo pelo ocorrido. Resta agora esperar que os ministros do Supremo provem que são realmente os Homens da Lei.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Não saia do Blog sem deixar seu comentário