Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

8 de abril de 2011

O Senado serve mesmo para que?

O jornalista Josias de Souza publicou hoje em seu blog que o Senado prepara-se para renovar sua frota de veículos. A decisão foi tomada em reunião da Mesa Diretora do Senado e 86 carros que servem aos gabinetes de 81 senadores, às lideranças partidárias e à presidência do Senado serão substituídos por modelos novos. Os senadores se mostram alheios à política de contenção de despesas anunciada pela presidente Dilma Rousseff. O primeiro-secretário do Senado, Cícero Lucena (PSDB-PB), ao anunciar a novidade teve a capacidade de dizer que o Senado vai comprar para reduzir as despesas porque os carros usados por senadores têm oito anos de fabricação e “estão consumindo mais combustível, estão gastando mais peças, estão tendo custo elevado de mão de obra para a manutenção”;

O Senado tem uma frota de 188 carros. Segundo Josias de Souza, isso é "coisa de fazer inveja a empresas transportadoras de grande porte". Além dos carros dos senadores, há ônibus, microônibus, vans, caminhões, caminhonetes e ambulâncias. Como alternativa à aquisição de carros novos, o Senado estuda a possibilidade de terceirizar a frota, contratando um serviço de locação de veículos. O blog informa que a oficina do Senado tem 55 servidores terceirizados - mecânicos, frentistas, lavadores, eletricistas, almoxarifes, alinhadores e pintores -, além de 77 motoristas terceirizados e outros 100 comissionados, sendo 81 lotados nos gabinetes dos senadores e 19 nos gabinetes dos líderes e membros da Mesa;

Josias de Souza diz ainda que ninguém explica por que um senador, que já dispõe de motorista no gabinete, ainda precisa de outro quando vira líder ou ganha assento na Mesa. É incrível que um senador, cujo salário acaba de ser reajustado para R$ 26,7 mil, ainda disponha de tanta mordomia. O blogueiro sugere: "Como fazer? Livram-se dos carros oficiais, mandam os motoristas ao meio-fio e esvaziam a oficina. Passam a rodar em veículos próprios. Os que preferirem fugir do volante e da azáfama do trânsito podem comprar um CD da Angélica e cantarolar a velha musiquinha: 'Vou de táxi...' A relação custo-benefício é extraordinariamente favorável". Considerando-se que o grosso dos senadores chega a Brasília na terça e retorna aos Estados na quinta, a conta será uma pechincha". Finalizando, Josias de Souza ressalta: "Se imitarem os sem-carro da Câmara, ainda transferem o recibo para a bugrada. Os deputados lançam as despesas de transporte na chamada verba de gabinete";

Mais uma vez o Senado nos faz refletir e afirmar: para que serve aquela Casa Legislativa?

Um comentário:

  1. Eles servem exatamente pra isso, Airton!

    Senadores e deputados que compõem o nosso Parlamento têm um único objetivo: curtir a vida com o meu, o seu, o nosso dinheiro!

    Um abração...

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário