Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

9 de abril de 2015

IRPF: 'Pátria Educadora' não vê falta de incentivo à Educação

  • Todos os anos, quando os brasileiros passam a se dedicar à declaração anual do Imposto de Renda (IRPF), há um item que sempre deixa muita gente revoltada pelo fato de não existir por parte do Governo (isso há muitas décadas) nenhum interesse em dar incentivo à Educação. Agora, com o pomposo slogan 'Pátria Educadora', era para se esperar que finalmente esse incentivo aparecesse. No entanto, continua tudo do mesmo jeito;
  • O problema está na dedução que pode ser feita no cálculo do imposto a pagar de despesas com Educação, seja do próprio declarante ou de seus dependentes. Seja qual for o total gasto, a dedução é de apenas míseros R$ 2.958,00. Se o curso for de Medicina, por exemplo, esse valor é de uma mensalidade;
  • Mas a legislação do IRPF garante que você pode ficar doente com tranquilidade porque podem ser deduzidas todas as despesas com médicos e até com planos de saúde. Mas não tente deduzir os valores dos remédios que o médico lhe receitar. Isso deve ser algo supérfluo e não merece ser descontado, como se alguém saísse do consultório sem uma receita nas mãos;
  • O que nos resta é esperar que a presidente Dilma Rousseff comece a governar o Brasil, visto que até hoje só administrado crises, a maioria delas criadas por causa de sua inabilidade política, tanto é que ela em três meses de mandato ainda faz troca de ministros. Pode ser, então, que nossa 'Pátria Educadora' cuide desse absurdo e mude no ano que vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário