Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

21 de março de 2013

Em meio a tanto caos, como pesquisa mostra Dilma com 63% de aprovação?

Em audiência de meia hora, Dilma 'convida' Francisco para vir onde ele já viria
  • É de se estranhar que num momento em que a economia brasileira é criticada até pelo mundo a fora por causa das maquiagens feitas para apresentar resultados positivos quando a mesma está causando preocupação pela perspectiva de volta da inflação, da mesma forma que a Educação é criticada pela má qualidade do ensino nas escolas públicas e particulares e ainda por conta da reabilitação de ministros que foram detonados do Governo no primeiro ano de mandato da presidente Dilma e também pela nomeação de ministros 'fichas-sujas', e tendo também o apoio explícito do Governo às eleições de Renan Calheiros para a presidência do Senado e de Henrique Alves para a da Câmara, exatamente em meio a isso tudo é divulgada uma pesquisa Ibope/CNI atribuindo a Dilma um índice de 63% de aprovação junto ao eleitorado brasileiro como que antevendo uma vitória dela nas eleições de 2014;
  • É difícil para os menos entendidos -  nesse segmento está a maioria dos mais esclarecidos - como pode uma pesquisa que ouviu a opinião de 2 mil pessoas em 143 cidades demonstrar o que pensa uma população de 190 milhões de habitantes, dentre esses 140 milhões de eleitores, de mais de 5.500 cidades, isso num momento nada favorável aos governantes, especialmente o Governo Federal. Aí está o Nordeste em plena seca sem que a prometida obra de transposição do Rio São Francisco tenha ocorrido, apesar das promessas na campanha de 2010. Há também os péssimos serviços de Saúde como hospitais sem leito com atendimento feito pelos corredores das unidades de saúde, destacando-se o fechamento da unidade de transplantes infantis do Hospital Federal do Bonsucesso, no Rio de Janeiro, acontecendo tristemente nos últimos dias a morte de duas crianças que estavam na fila de espera;
  • Junte-se a tudo isso novas enchentes na Região Serrana do Rio de Janeiro, com cerca de 30 mortes. E ainda aparece a presidente Dilma culpando os mortos por não terem saído das zonas de risco. Pra onde iriam, se as casa do programa federal Minha Casa Minha Vida em dois anos não fez uma única casa para eles se mudarem. Se houve liberação de verbas, seus aliados, entre eles o governador Sérgio Cabral (aquele que fez beicinho de choro na campanha da presidente em Nova Friburgo). Outros locais como a Praça da Bandeira, na capital fluminense; Xerém, em Duque de Caxias;Teresópolis; Nova Friburgo e outros locais em outros estados também sofrem com inundações e nenhuma providência governamental foi tomada para evitar tudo. Em Niterói (RJ), às vítimas da tragédia do Morro do Bumba, há três anos, não têm para onde ir, pois dos prédio que estão sendo construídos para reassentar pessoas em áreas de risco tem dois dos quais um tem que ser escorado e outro demolido, pois estão prestes da desmoronar;
  • Para culminar, a presidente Dilma viaja para Roma com uma enorme delegação que se hospeda em hotel cinco estrelas, desprezando a embaixada brasileira onde normalmente nossos chefes de Estado se hospedam, fazendo uma despesa enorme, tudo isso para assistir uma missa realizada pelo nov papa e para depois forçar uma audiência com ele de meia hora para trocar presentes e anunciar o que todo mundo já sabia, que ele virá para a Jornada da Juventude no Rio de Janeiro, em julho. Tudo isso para agradar à maioria católica da população, num autêntico jogo de cena meramente eleitoreiro com vistas às eleições do ano que vem;
  • Seria apenas coincidência a divulgação de tal pesquisa exatamente em meio a tudo isso exatamente quando Dilma estava beijando a mão do papa Francisco? Não é por acaso que  o vereador carioca Cesar Maia divulga o seguinte em se site o seguinte: CNI-IBOPE ADIANTA PESQUISA PARA AJUDAR A DILMA!  1. A pesquisa CNI-IBOPE foi antecipada para pegar o impacto da ida de Dilma à TV anunciar a redução dos preços na Cesta Básica. Aliás, uma tática conhecida e que é repetida nos Estados: logo após os comerciais do partido com seus candidatos a governador colocam pesquisas na rua e divulgam. Mas os amigos do presidente fazerem isso usando rede obrigatória de TV para reforçar a presidente através da imprensa, divulgando a pesquisa, é a primeira vez. 2. Conheças as datas das últimas pesquisas: De 20 a 23 de março de 2011 / De 16 a 19 de março de 2012 / De 08 a 11 de março de 2013. (Leia aqui). Então fica a grande dúvida: essa pesquisa é mentirosa ou tudo isso aí acima é que é mentira? Ou o povo está tão anestesiado assim?

Um comentário:

  1. Quem faz a pesquisa e análise dos dados? Possivelmente a mesma turma que corrige as redações do ENEM....

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário