Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

6 de julho de 2012

Campanha eleitoral começa hoje e cabe ao eleitor fazer 'limpeza'

  • A partir de hoje, de acordo com a Lei Eleitoral, os candidatos a prefeito vereador podem iniciar a campanha eleitoral para o pleito de 7 de outubro para lançar oficialmente suas candidaturas. A partir desta sexta-feira também está permitida a campanha eleitoral através da internet. Também está permitido o uso de e-mail, blogs e redes sociais, como Facebook e Twitter. A partir de hoje, os candidatos, seus partidos e coligações, também podem fazer funcionar, das 8 às 22 horas, alto-falantes ou amplificadores de som, nas suas sedes ou em veículos, exceto nos arredores de escolas ou hospitais, podendo também realizar comícios e utilizar aparelhagem de sonorização fixa, e fazer a propaganda eleitoral nos sites dos candidatos ou partidos políticos, assim como nas redes sociais, isso apenas nas páginas dos próprios candidatos. A distribuição de panfletos também é permitida. Anúncios pagos só são permitidos na mídia impressa, como jornais e revistas. Como nas últimas eleições, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vedou nas campanhas anúncios em outdoors, realização de showmícios e mesmo a participação de artistas com o objetivo de animar comícios e reuniões eleitorais;
  • A campanha eleitoral está, portanto, em plena vigência. Cabe agora ao eleitor fazer a sua parte, procurando caprichar na escolha daqueles que vão administrar suas cidades, os prefeitos, e aqueles que vão fiscalizar os Executivos e legislar em benefício da população. que são os vereadores. Isso é o que dispõe a legislação sobre as funções daqueles que serão escolhidos pelo voto no dia 7 de outubro. No que concerne ao eleitor, cabe a ele afastar de imediato o candidato à reeleição que fez promessas há quatros passados e que nada cumpriu, mesmo tendo condições para isso. E o mais importante é não gastar seu tempo comparecendo a uma sessão eleitoral para votar num 'ficha suja', mesmo que legalmente ele não esteja enquadrado (ainda) na Lei da Ficha Limpa. Começa também para o eleitor sua participação na remodelação, para melhoria do quadro político nacional, isso a partir de sua cidade; 
  • Em 2014, outra 'limpeza' poderá ser realizada. Depois que a imprensa e as redes sociais estão divulgando com basatante ênfase os 'malfeitos' dos políticos, o eleitor tem que aproveitar o momento para começar a dar seu recado. O resultado da eleição deste ano certamente vai refletir na qualidade dos candidatos de daqui a dois anos, quando a escolha será de muito mais responsabilidade, pois o eleitor estará decidindo quem vai dirigir o País, os Estados e aqueles que vão compor os Legislativos federal e estaduais. A campanha eleitoral começou e o eleitor passa a ser o principal responsável pelo seu bom resultado final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário