Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

12 de julho de 2017

Imitando a Venezuela, senadoras do PT invadem mesa da Casa

Num momento em que os políticos brasileiros estão com o prestígio perto de zero junto à opinião pública, a patética atuação das senadoras tomando de assalto a mesa do presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), durante cerca de oito horas não ajudou em nada a melhorar o conceito dos representantes do povo – legalmente é o que elas são por incrível que pareça –, imitando o que aconteceu recentemente na Venezuela, que foi invadido por apoiadores do presidente Nicolás Maduro, demonstraram que estavam submetidas a pressões externas. Coube ao senador Lindbergh Farias (PT-RJ), ex-líder estudantil, a montagem da pantomima ordenando que a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) – é aquela que durante as discussões sobre o impeachment da ex-presidente Dilma fez uma declaração que entrou no folclore político do país: "Não entendi nada, só sei que é GOPI!" – ordenando que ela permanecesse na cadeira do presidente do Senado Federal quando já pretendia liberá-la. Tudo isso foi uma tentativa para impedir que os senadores votassem o projeto da Reforma Trabalhista, que acabou sendo aprovada com 50 votos favoráveis e 26 contrários e uma abstenção. Além de Fátima Bezerra, também ocuparam a mesa as senadoras Gleisi Hoffman (PT-PR), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Regina Souza PT-PY), Ângela Portela (PDT-RR) e Lídice da Mata (PSD-BA). O resultado da cena está sendo criticado por parlamentares dos quase todos os partidos e o senador José Medeiros (PSD-MT) protocolou no Conselho de Ética do Senado pedido de abertura de processo para cassação do mandato das quatro senadoras e tomaram de assalto a cadeira do senador Eunício Oliveira, que comandou a sessão que aprovou a Reforma Trabalhista sentado em uma cadeira colocada em outro local do plenário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário