Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

9 de janeiro de 2014

Tem mortes no Maranhão, mas Roseana compra comida de luxo e Dilma fica calada

Parece que a insensibilidade dos políticos brasileiros está ficando cada vez maior, em que pesem as manifestações de junho do ano passado, quando milhões de pessoas foram às ruas reivindicando deles um comportamento mais condizente com o povo que teoricamente representam. Tanto é que muitos faziam cartazes ou postavam nas redes sociais declarações dizendo quem alguém que tinha cometido 'malfeitos' não os representava. Agora mesmo, diante das mortes no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão, parecem que nem estão aí, fazendo caras de paisagem. A violência, que culminou com morte de criança queimada em ônibus incendiado a mando dos chefões daquela penitenciária, levou a própria Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização dos Estados Americanos (OEA) a pedirem investigações sobre as mortes, além de cobrarem melhorias no sistema prisional brasileiro, em especial naquele Estado;

E o pior acontece com o Governo Federal, que demonstra estar mais preocupado com a candidatura de Dilma Rousseff à reeleição do que com o ambiente de violência que se instalou no Maranhão. A imprensa divulga hoje notícia dando conta de que nem a presidente Dilma nem o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, fizeram qualquer pronunciamento sobre os acontecimentos em Pedrinhas, evitando críticas à falta de ação da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (`MDB), que é filha do senador José Sarney (PMDB-AP), verdadeiro 'dono' daquele Estado, aliados da presidente na corrida eleitoral de outubro deste ano. Os dois ficaram caladinhos para não chamar a atenção da mídia, pois certamente as críticas à família Sarney surgiriam em seguida a qualquer pronunciamento deles, pois os problemas do sistema prisional do Maranhão acontecem há muito tempo num estado que chega a ser chamado por muitos de 'Sarneylândia';

Um outro fato ganhou amplo destaque na mídia, que se não for deboche por parte da governadora Roseana Sarney é uma prova de que ela dispõe de uma péssima assessoria. Diante de toda onda sobre as mortes na penitenciária de Pedrinhas, O Diário Oficial do Estado publica edital de licitação para abastecer as despensas das residência oficiais do Governo do Maranhão ─ a sede do Governo, o Palácio dos Leões, em São Luiz, e a casa de praia oficial, na Ilha do Farol ─, algo que não seria nada demais, pois além dos altos salários pagos pelo povo eles também tiram do eleitor o dinheiro para se alimentarem, e muito bem. Acontece que o mordomo de Roseana exagerou e deram mancada de marcar a licitação para o olho do furacão. Entre outras comidinhas básicas constavam do cardápio nada menos que bacalhau do Porto, de primeira qualidade; bacalhau dessalgado, também de primeira; camarões dos mais variados tipos; e até lagosta fresca, salmão, filé-mignon etc . A licitação marcada para hoje ─ depois da divulgação negativa Roseana resolveu adiá-la ─ era um primeiro lote, orçado em 'apenas' R$ 617 mil;

Mas o pior de tudo é que em outubro é bem provável que os Sarney consigam expressivas votações, elejam aliados e também uma excelente votação para a tentativa de reeleição da presidente Dilma. Se isso ocorrer, a insensibilidade dos políticos será imitada pelos eleitores do Maranhão, pois somente assim se explicará que não tenham aproveitado a eleição para bani-los definitivamente da vida política do Maranhão e do Brasil. A arma para isso estará à disposição deles: a urna em outubro;

E tem mais. A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos, até agora não disse uma única palavra sobre as mortes do Maranhão, nem mesmo as dos bandidos presos, logo ela que disse ter chorado quando um ladrão foi morto por um policial num assalto. Sobre a menina que morreu queimada, nenhuma uma palavra também. E há pesquisas dizendo que o povo quer continuar com essa gente. Você acredita?

Um comentário:

  1. Nada e impossível neste brasil com minúscula sobre a égide de 9 dedos e toda sua cla assassina. O nosso congresso pífio esta se organizando para quando voltarem de suas merecidas férias porque trabalham muito, continuarem em sua rotina de trabalharem 2 dias na semana, dizerem amem ao pt e seus associados porque estão de joelhos esperando o que a gangue quer.
    No topo de tudo o maravilhoso senado também esta esperando ordens para aprovarem tudo. Conclusao trocada em miúdos se alguém pensa que tem gente honesta dentro do congresso se engana redondamente. Os do dinheiro nas cuecas continuam querendo roubar e os que não roubam estão interessados de receberem os seus jabás e contunuarem a ter as mordomias que
    tem. Se essa senhora Sarney, filha tivesse um pingo de vergonha na cara nem apareceria em publico. Aquela reunião com
    mais de vinte pessoas para mostrar que esta providenciando, mas não esta providenciando nada. Na realidade o que ela esta
    fazendo e somente tomando conta da dispensa porque não pode faltar nada nas festas e o povo que se exploda. E uma verdadeira Maria Antonieta. Se o povo não tem pao que comam brioches. Cuidado Sarnenta seus dias podem estar contados e
    como pode ser que um dia o povo pare de ficar deitado eternamente em berço esplendido, assistindo as novelas e assistindo
    os jogos de futebol acionem a guilhotina para cortar todo o mal existente no pais. Enquanto o pais agoniza esses políticos de
    m.................continuam se entupindo de camarões, bacalhau, lagosta, bons vinhos e champagne o povo come m.............erda
    e ainda tem que votar neles. Cuidado com a urnas. O Supremo Eleitoral com sua omissão esta dando aval a todos esses
    malandros e nenhum deles e preso. Cuidado também que o Levandowsky vem ai para soltar todos.

    ResponderExcluir

Não saia do Blog sem deixar seu comentário