Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

12 de fevereiro de 2012

'Por qué não te callas, Maradona?'

Seria esta uma cena de algum 'comercial' gravado por Dieguito?
  • Chega a ser irritante a obcecação que o ex-jogador argentino Diego Maradona tem em atacar Pelé. Em várias ocasiões Maradona tem falado de modo bastante agressivo contra o Rei do Futebol, como o brasileiro é reconhecido por infinita maioria da comunidade do futebol - técnicos, jogadores, ex-jogadores, cronistas esportivos e mais gente ligada ao futebol -, menos Maradona. Como foi um dos maiores jogadores de todos os tempos, o argentino não se conforma com o prestígio de que Pelé desfruta até hoje, algo que não ocorre com ele. Recentemente, Pelé foi entrevistado sobre a terceira eleição consecutiva do argentino Lionel Messi como vencedor da Bola de Ouro da Fifa, afirmando que aquela eleição representa o momento de um jogador e não uma definição de quem seja o melhor do mundo. Pelé afirmou: “Quando Messi tiver marcado 1.283 gols e conquistado três mundiais, falamos”;
    Maradona 'adora' Pelé
  • A declaração de Pelé tem lógica, o que não autoriza Maradona a defender seu compatriota agredindo Pelé, daí não ser aceitável que ele tenha dito numa entrevista depois da declaração do brasileiro sobre o craque do Barcelona dizendo: “Parece que a idade o atrapalha em algumas decisões. Mas não temos que culpar o homem. Afinal, há 20 anos ele não faz nada, não o vemos nem em supermercado. O único lugar no qual podemos vê-lo é em dias de entrega de prêmios da Fifa, onde parece um boneco de controle remoto". Maradona comete um erro. Pelé não faz nada há quase 40 anos, a não ser gravar publicidade, visto que até hoje ele é contratado para estrelar comerciais ainda com sua imagem de jogador. Neste ano mesmo ele está num novo comercial de uma operadora de celular;
  • Neste domingo, Maradona mais uma vez foi agressivo com Pelé depois de ele ter sido homenageado com um busto no estádio da Amizade de Libreville, no Gabão, local onde foi disputada  a decisão da Copa Africana de Nações. Trata-se de uma homenagem em memória à passagem do Santos por aquele país em 1967, ocasião em que a presença do Rei do Futebol com o time brasileiro fez com que uma guerra civil fosse interrompida. O argentino mandou mais uma em entrevista a rádio argentina La Red: “Que o Pelé volte para o museu, que tome o remédio certo. Não pode errar os remédios e fazer maluquices. Isso acontece quando você mistura a vermelha com a branca”;
  • Maradona está muito mal informado sobre Pelé, principalmente no que se refere a remédio branco, algo em que nosso Rei não é chegado, como o argentino. Por ocasião da Copa do Mundo de 2010, Pelé teve seus contratos de publicidade renovados, além de ter sido contratado para vários outros. Seus contratos publicitários totalizavam cerca de R$ 30 milhões. Com isso, Maradona precisa ficar sabendo porque Pelé está há 20 anos sem nada fazer. É porque ele não desperdiçou seu dinheiro comprando drogas nem pagando viagens a Cuba para se internar em clínicas de desintoxicação. Também não andou pagando indenizações por causa de agressões e tiros contra jornalistas. Também não tem necessitado de emprego de técnico em países de pouca expressão no futebol;
  • Não consta que Maradona esteja estrelando algum comercial de qualquer produto em qualquer parte do mundo, pois, afinal, ele não tem lá uma imagem que recomende a alguém vinculá-lo a qualquer produto ou marca. Certa 'mercadoria' com a qual Maradona tem uma forte relação não pode ser propagada. Sendo assim, melhor seria que Maradona jogasse duro com o cidadão Edson Arantes do Nascimento, que de vez em quando fala umas bobagens. Quanto a Pelé, o que ele disse sobre Messi também serve para Dieguito, que não fez 1.283 gols nem ganhou três Copas do Mundo e muito menos dois mundiais de clubes. Parafraseando Romário: 'Maradona calado é um poeta'.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário