Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

2 de junho de 2017

Lula diz em Congresso do PT que a Lava-Jato é ‘palhaçada’

No primeiro dia do Congresso Nacional do PT, hoje, em Brasília, o ex-presidente Lula afirmou que já provou sua inocência e que, agora, é a hora de a Operação Lava-Jato provar sua culpa. Como é sabido, Lula é réu em duas ações penais e alvo de uma denúncia no âmbito da operação, disse ainda: “Eu acho que está chegando o momento de parar com palhaçada neste país. Este país não comporta mais essa destruição de achincalhamento”, declarou ao fim de um discurso que durou mais de 40 minutos, obviamente aplaudido pela plateia de militantes, Ele também fez referência ao depoimento que prestou ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Lava-Jato na primeira instância, em um dos processos do qual é réu. “Não quero que vocês se preocupem com meu problema pessoal. Isso eu vou resolver com o Ministério Público e com o representante da Lava-Jato”, afirmou;

A bem da verdade, entendemos que se não prenderem Lula, a Operação Lava-Jato poderá ir de água abaixo, porque já começa a ter desgaste, visto que na maioria das vezes só acusam, mas não condenam e nem prendem os cabeças. Fala-se nos políticos, mas os que não têm foro privilegiado não são presos. E Lula não dispõe desse benefício. É importante que o Supremo Tribunal Federal (STF) se defina sobre o for, mesmo com o novo ministro Alexandre de Moraes pedido vista para atrasar tal decisão, numa clara demonstração de que está esperando o Congresso aprovar projeto isentando parlamentares de crimes já cometidos e de outros que venham a praticar. Cabe ao povo pressionar no objetivo de que os que cometeram malfeitos sejam julgados por instâncias interiores e que prevaleça o critério da prisão imediata de infratores a partir de confirmação em segunda instância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário