Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

13 de janeiro de 2015

Mais um estelionato eleitoral: as contas de luz

  • Quem não votou em Dilma Rousseff dando-lhe um novo mandato sabia que isso poderia acontecer. Em 2012, às vésperas das eleições municipais, ela anunciou, em rede nacional de TV, uma redução das tarifas de energia elétrica. Dias depois, as contas foram majoradas. Puro estelionato eleitoral. Agora, na mesma semana do segundo turno, mais um aumento das tarifas de energia elétrica;
  • Hoje, a manchete de 'O Globo' nos informa: "Governo reduz subsídio, e luz deve subir duas vezes", ou seja, vêm aí mais duas majorações das tarifas. Nos seus cortes de verbas, o Governo anunciou a suspensão de recursos de R$ 9 bilhões destinados ao setor elétrico. Caso as distribuidoras não consigam cobrir seus custos, o Governo dá ajuda e depois repassa a conta para o consumidor;
  • Como no ano que vem tem eleições municipais e logo depois, em 2018, já tem eleição presidencial, não haverá alteração nos subsídios aos consumidores de baixa renda, mesmo que o Governo dê aval para que as distribuidoras negociem seus últimos empréstimos com os bancos, que totalizaram R$ 2 bilhões e 500 milhões;
  • Quem acreditou em Dilma Rousseff e votou nela vai pagar calado, mas arrasta o restante dos consumidores. Esperamos que os que foram enganados aprendam a lição e votem com mais cuidado nas próximas eleições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário