Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

5 de outubro de 2015

Dilma tem medo do julgamento das 'pedaladas fiscais'

  • Objetivando adiar o julgamento, o Governo está tentando afastar o relator das contas da presidente Dilma no Tribunal de Contas da União (TCU) relativas ao exercício de 2014, nas quais estão as famosas 'pedaladas fiscais'. Para isso, os ministros Eduardo Cardozo, da Justiça, e da Fazenda, Nelson Barbosa, e Luís Inácio Adams, da Advocacia Geral da União (AGU), anunciaram que hoje tentarão afastar o relator;
  • A tendência do TCU de é a rejeição das contas, o que enquadraria a presidente em crime de improbidade administrativa, sujeitando-a a ser objeto de abertura de processo de impeachment. O objetivo do pedido de afastamento do relator, ministro Augusto Nardes, é porque apesar de todas as manobras, o Governo não tem garantida uma maioria de parlamentares para impedir o afastamento de Dilma;
  • A oposição, como não poderia deixar de ser, protestou. O senador Aécio Neves, presidente do PSDB, foi enfático, comparando o Governo com um time que está perdendo a partida de goleada e pede para mudar o árbitro, declarando: "Essa ação truculenta e desrespeitosa demonstra de forma definitiva que faltam argumentos sérios para responder as questões levantadas pelo TCU";
  • Essa vergonhosa tentativa de evitar o julgamento na próxima quarta-feira traz à memória aquele antigo ditado: "Quem não deve, não teme". Mas isso significa muito mais. O Governo já sabe que quarta-feira deve tomar uma goleada de 7a 0 no TCU, deixando para o Congresso a responsabilidade de rejeitar um parecer técnico pela rejeição das 'pedaladas'.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário