Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

9 de junho de 2015

Somente 23% da Taxa de Incêndio foram aplicados em 2014

  • Se existe algo que é um autêntico absurdo no Estado do Rio de Janeiro, entre os muitos reconhecidamente existentes, sem dúvida é a famigerada Taxa de Incêndio. O Corpo de Bombeiros é uma instituição sobre a qual não há nenhum questionamento, no entanto, a cobrança de referida taxa tem que ser contestada. Se pode cobrar Taxa de Incêndio, a qualquer momento o Estado pode muito bem criar a Taxa de Policiamento;
  • Quando paga seus impostos estaduais (ICMS e IPVA), o cidadão está dando recursos ao Estado para manutenção dos serviços que são de sua atribuição, como polícias, Corpo de Bombeiros, estradas, ferrovias, sistema de abastecimento, só para citar alguns. Por quê, então, pagar mais um tributo para aquela corporação? Não tem nenhum cabimento;
  • E o pior é o contribuinte que paga anualmente a Taxa de Incêndio tomar conhecimento de como esse dinheiro vem sendo utilizado. Em 2014, os bombeiros arrecadaram R$ 182 milhões. Para a modernização do Corpo de Bombeiros, foram gastos no ano passado quase R$ 42 milhões, 23% do que foi arrecadado. Isso mesmo;
  • Onde estão os R$ 140 milhões restantes? Por qual motivo o Estado não repassa os recursos para um órgão tão importante como o Corpo de Bombeiros? Têm que explicar por qual motivo a corporação tenha se utilizado de pás de um helicóptero da Polícia Civil para que uma aeronave de sua frota pudesse prestar socorro à populaçã;
  • Será que você ainda vai continuar pagando essa taxa absurda para seu dinheiro não ser utilizado devidamente? De minha parte, não contem comigo. Nunca paguei. Agora, mais do que antes, quero explicações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário