Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

26 de dezembro de 2014

Prepare seu coração, porque 2015 vai ser divertido

  • Muitos estão criticando alguns nomes do futuro ministério de Dilma Rousseff, por não terem nenhuma experiência com os assuntos da pasta da qual será titular. Não existe novidade nisso. No atual quadro de ministros, tal situação já é observada. Há vários deles que só estão no cargo por conta da cota a que seu partido tem direito no fatiamento do Governo como pagamento por apoio em campanha ou - isso é o mais importante -, apoio no Congresso Nacional;
  • Um grande exemplo desse problema é o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, que não deve nem saber manejar um interruptor, mas foi indicado por José Sarney (aquele que Lula classificou como um político "especial"). Realmente, é de se espantar a indicação de Cid Gomes para o ministério da Educação (MEC). Ele tinha outra pretensão. Como seu irmão tem direito a uma fatia e ele foi derrotado na eleição para governador do Ceará, seu desejo era ser designado para o cargo de embaixador do Brasil na ONU;
  • Cid Gomes já estava até procurando escola para os filhos em Washington. Para Dilma acomodar algum outro apoiante, Cid Gomes vai assumir o MEC. Ele está provocando arrepios nos professores federais, uma vez que há algum tempo declarou que os mestres deveriam trabalhar por amor e não por dinheiro. Houve quem dissesse apoiar a ideia, visto que os professores poderiam se alimentar nas escolas, desde que não houvesse mais desvios de verbas destinadas à merenda escolar;
  • Mas Dilma Rousseff continua se superando nas nomeações esdrúxulas. Tem também Aldo Rabelo, que vai ser ministro da Ciência e Tecnologia, logo ele que um dia quis aprovar lei proibindo a aquisição de computadores por escolas públicas, para não provocar desemprego. Não é para rir! Ele deve estar altamente contrariado, porque em 2014 foram vendidos nada menos que 15 milhões de equipamentos de informática no Brasil;
  • Uma coisa é certa. O ano de 2015 promete ser bem divertido em relação a mancadas e fogo amigo nas mancadas da administração pública federal. Enquanto isso, a gente se diverte e não vê a inflação crescendo todos os dias, principalmente nos preços dos alimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário