Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

22 de agosto de 2014

Propaganda obrigatória na TV é um jogo de forças desiguais

Agora que está no ar a propaganda eleitoral obrigatória pela TV, fica mais evidente a aberração que é a distribuição do tempo para cada candidato, proporcional ao tamanho das bancadas na Câmara dos Deputados dos partidos que o apoiam. Tem candidato dispondo de 10% do tempo a que tem direito a presidente Dilma, que concorre à reeleição e que ainda dispõe da máquina administrativa, utilizada mesmo que de modo disfarçado;

Isso não é democrático. Certo estaria se todos os candidatos tivessem o mesmo tempo para expor suas ideias e programas. Muitos vão alegar que há candidatos em excesso. É verdade, mas teríamos um número menor se a legislação vigente não permitisse a proliferação de tantas legendas;

Está na hora, então, de começar uma mobilização para que sejam mudados os critérios para as próximas eleições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário