Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

26 de maio de 2014

Torcer pela Seleção, sim, mas protestar, sempre

Desde que a FIFA realiza a Copa do Mundo, a Seleção do país organizador sempre jogou no estádio da cidade-sede de seu respectivo grupo da primeira fase. Somente na Copa de 2014 é que o dono da casa só vai jogar no estádio de sua cidade se chegar à final. É isso mesmo. A Seleção Brasileira já está reunida no Rio de Janeiro, na Granja Comari, em Teresópolis, mas vai ficar voando para várias cidades diferentes conforme vá avançando na competição;

Qual a razão desse absurdo? A resposta é simples: ingerência política para atender a interesses políticos e eleitorais do Governo Federal. Pelo que se sabe, foi o então presidente Lula quem interferiu junto à FIFA para que fossem criadas 12 sedes ─ a entidade máxima do futebol prefere de 6 a 8 cidades-sede ─, por questões de logística e praticidade. Segundo notícias divulgadas na Internet, Joseph Blatter, presidente da FIFA, Lula teria pleiteado 17 sedes, servindo de palanque para a campanha eleitoral;

Estamos a pouco mais de 15 dias da abertura da Copa e a discussão sobre todos os aspectos dela que não sejam sobre nossa Seleção devem ser resumidos no seguinte: torcer pelo Brasil, receber bem os turistas e protestar contra os gastos excessivos e desvios de dinheiro público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário